Último Apito

Falcão esteve lá, jornada atrás de jornada e agora conta-lhe toda a verdade da época 2010/11 do Académico. Época esta que não será recordada pelo brilhantismo nem pelos bons resultados. Pelo que interessa agora olhar muito mais para o que aí vem do que aquilo que ficou para trás, mas também é importante perceber o que falhou e foi mesmo muito o que falhou…
O que Falcão aparou e aqui vai trazer não pretende crucificar ninguém, nem apontar o dedo a alguém e atribuir-lhe as culpas, porque o fracasso pertence a todos. Vamos recordar aqui o que foi o percurso desta equipa e identificar pontualmente as fragilidades, começando por viajar até à pré-época, onde surgiu a primeira notícia de que esta iria ser uma época diferente, com o Académico a participar apenas no Campeonato, contudo o plantel foi composto de 14 atletas o que poderia parecer por esta altura demasiado cumprido. Três encontros, com o Poiares, Santo Cristo e Felgar, fizeram uma pré-época tranquila com dois empates e uma goleada. Mas já aqui havia sinais do que iria ser a época, e Falcão foi consultar de novo as fichas de jogo e em nenhum destes jogos o treinador teve à sua disposição os 14 atletas. Estratégia? Gestão? Ou Rotatividade? Engane-se quem pense assim, havia outros motivos… Explicados à segunda jornada pelo treinador do Académico.

video

“O Carviçais vai fazer uma época, poderemos considerar duas numa, porque em casa vamos ter uma equipa e fora estamos sempre limitados a outra…” , Tinham se pensado dois planos, o plano A com uma equipa mais composta dentro de portas e o plano B fora de portas com as limitações em número de soluções já referidas. Mas o plano A nunca chegou a ser hipótese e o plano B foi sempre solução dentro e fora de casa. Falcão mostra que os dados provam estes factos, no gráfico há sete atletas que se destacam nas presenças, é também esse o número de atletas que em média esteve em cada jogo.



Falcão deixou aqui os principais traços desta época, haveria e há muito mais para dizer ainda, mas sobretudo para fazer. E esse será o caminho que a direcção terá agora de percorrer, Falcão encerra a época, recordando a classificação final.



Falcão
08/06/2011